Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Brasil termina perto do pódio no Mundial de Ginástica de Trampolim

Ginastica trampolim

02/12/2019 15h49

Ginástica de trampolim

Brasil termina perto do pódio no Mundial de Ginástica de Trampolim

Camilla Lopes e Alice Gomes ficaram em quarto lugar no sincronizado feminino. No individual, Camilla é 14ª colocada e buscará vaga olímpica no ano que vem

Faltou muito pouco para que o Brasil não conquistasse uma medalha no Campeonato Mundial de Ginástica Trampolim, realizado no Ariake Gymnastics Centre, em Tóquio (JAP). No último sábado (30.11), as brasileiras Camilla Lopes e Alice Gomes terminaram em quarto lugar no Trampolim Sincronizado feminino, ao obterem a nota 47,890. A prova, que não faz parte do programa das Olimpíadas, teve como vencedora a dupla do Japão, formada por Yumi Takagi e Ayano Kishi.

Embora tenham ficado fora do pódio, as brasileiras comemoram a evolução da dupla na competição, pois melhoraram o resultado em relação ao Mundial de 2018, realizado em São Petersburgo (RUS), quando ficaram em sexto lugar.

ginastica_trampolim_mundial3x2.jpeg
Foto: CBG

"Foi um excelente resultado, pois melhoraram em relação ao último Mundial. Claro que é um pouco frustrante, pois elas chegaram muito perto da medalha de bronze, mas as meninas competiram muito bem, deram o melhor delas. Estamos muito satisfeitas com este resultado", disse Tatiana Figueiredo, técnica da Seleção Brasileira.

Para Alexandro Rungue, treinador de Alice Gomes, o resultado mostrou a evolução da Ginástica Trampolim do Brasil. "Fiquei muito feliz com este resultado, por saber que estamos desenvolvendo bem o nosso trabalho. As atletas estão sendo mais conhecidas, pois vêm se apresentando bem nas competições internacionais e subindo no ranking mundial", afirmou.

As duas brasileiras também admitiram um pouco de frustração por quase terem ficado com a medalha, mas festejaram a evolução na prova. "Conseguimos melhorar duas posições em relação ao último Mundial. Ficamos com o gostinho da medalha na boca, mas este resultado comprova a nossa evolução", afirmou Camilla Lopes.

"Este quarto lugar mostra o resultado do nosso trabalho. Estamos construindo uma trajetória a cada dia. As próximas competições estão chegando, temos Copas do Mundo em fevereiro e abril, e vamos seguir buscando nossa evolução", disse Alice Gomes.

Vaga olímpica

Ainda na madrugada deste sábado, Camilla Lopes participou da semifinal do Trampolim Individual, que é prova olímpica. Ela terminou em 14º lugar, repetindo o resultado do Mundial de 2018, ao ficar com a nota 52,675. Fora da final, a brasileira também não pôde assegurar sua vaga antecipada para a Olimpíada de Tóquio 2020.

Agora, os ginastas brasileiros têm mais duas oportunidades para carimbarem o passaporte: no Campeonato Pan-Americano de Trampolim, em maio do ano que vem, ou pelo ranking das Copas do Mundo da modalidade. Nessa competição, Camilla Lopes é a brasileira mais bem classificada, aparecendo na 16ª posição.

Fonte: Confederação Brasileira de Ginástica (CBG)