Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Brasil terá 26 atletas na principal competição do halterofilismo antes do Parapan

Halterofilismo paralímpico

05/12/2018 12h32

Halterofilismo

Brasil terá 26 atletas na principal competição do halterofilismo antes do Parapan

Regional das Américas será de 6 a 9 de dezembro, em Bogotá, na Colômbia. Seleção defende o título conquistado na Cidade do México, em 2015

A Seleção Brasileira de halterofilismo disputa a partir desta quinta-feira, 6.12, em Bogotá, na Colômbia, o Campeonato Regional das Américas. A competição segue até domingo e é a principal do ano da modalidade. O evento é pré-requisito para a presença nos Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019, no Peru, e nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020. O evento terá transmissão ao vivo pelo Facebook oficial do Comitê Paralímpico Brasileiro, a partir das 13h (de Brasília).

Medalhista paralímpico, Evânio Rodrigues será um dos representantes brasileiros. Foto: Daniel Zappe/CPB/MPIX

"Como essa é uma passagem obrigatória para Lima 2019 e Tóquio 2020, será a partir desse grupo de atletas que tiraremos quem irá para as duas competições. Esperamos que eles tenham um ótimo desempenho, superando suas marcas pessoais e estejam sempre em buscas de medalhas", disse o coordenador-técnico da modalidade no Comitê Paralímpico Brasileiro, Felipe Dias.

O Brasil estará representado por 26 atletas na Colômbia - a maior delegação já levada pelo país a um evento internacional da modalidade. Entre eles, o baiano Evânio Rodrigues, prata nos Jogos Paralímpicos Rio 2016, e o paulista Bruno Carra, prata nos Jogos Parapan-Americanos de 2011 e 2015. Ainda estarão presentes a paulista Mariana D'Andrea e a paranaense Marcia Menezes, ambas medalhistas em mundiais.

O Brasil defende o título de país campeão do Regional das Américas, que conquistou em 2015, na Cidade do México, na primeira edição da competição. No início de 2018, o Brasil também participou do Regional Europeu, para que os atletas pudessem pegar experiência e participassem da primeira competição que contaria pontos para o ranking paralímpico da modalidade.

O torneio em Bogotá encerra a temporada da Seleção de halterofilismo. Em 2019, os atletas competirão, uma Copa Mundo em fevereiro, em Dubai, o Campeonato Mundial, no Cazaquistão, em julho, e os Jogos Parapan-Americanos de Lima, em agosto.

Fonte: Comitê Paralímpico Brasileiro